Aliansce Sonae e BR Malls aprovam fusão

Morning Call 17-01-22
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Morning Call 09-06-22

Brasil

O principal índice da bolsa brasileira encerrou a sessão da última quarta-feira em território negativo pelo quarto dia consecutivo, acompanhando a maior cautela no exterior, a aceleração dos riscos ficais no país diante da proposta de desoneração dos combustíveis e o pedido da Petrobras para maior atenção ao abastecimento de diesel. Ao longo do dia, os investidores devem digerir os dados mais recentes da inflação ao consumidor, divulgados pelo IBGE, buscando se antecipar à decisão do Copom da semana que vem, e se atentar à precificação das ações da Eletrobras após o fechamento do mercado.

Leia também:
Fórum Econômico Mundial 2022: 7 debates relevantes para o Brasil

Mercado

Os acionistas da Aliansce Sonae e do BR Malls aprovaram, ontem, a fusão das companhias, em negócio avaliado em R$ 12 bilhões. Na decisão, a BR Malls deterá 55,2% da empresa, além do pagamento de R$ 1,25 bilhão a seus acionistas. Ontem também se encerrou o prazo de reserva da oferta pública de ações da Eletrobras, com o preço por ação a ser fixado após o pregão de hoje. As reservas dos papéis via FGTS acumulavam R$ 7,5 bilhões, enquanto a companhia já conta com R$ 53,5 bilhões de reservas totais.

IPCA

A inflação ao consumidor brasileira, medida pelo IPCA, desacelerou para 0,47% em maio, quando comparada aos 1,06% verificados em abril, e trata-se da menor variação mensal desde abril de 2021. O resultado ficou abaixo das expectativas do mercado, que projetava alta de 0,59%, e foi beneficiado, principalmente, pela redução dos custos da energia elétrica (-8%) observados desde a metade de abril por conta da transição da bandeira de escassez hídrica para a bandeira verde. A maior variação ficou por conta do grupo de vestuário, que cresceu 2,11%, enquanto o grupo de transportes foi o que mais pesou sobre o indicador, com impacto de 0,3 p.p.. A inflação já acumula alta de 4,78% no ano e 11,73% em 12 meses, à medida que a meta de inflação para 2022 estabelecida pelo Banco Central se encontra em 3,5%, com limite superior de 5%.

EUA

Na contramão das bolsas internacionais, os índices futuros de Nova York amanheceram positivos nesta quinta-feira, mas perderam força ao longo da manhã. Os investidores seguem aguardando os dados mais recentes para a inflação ao consumidor americano, divulgada amanhã, assim como a confiança do consumidor de Michigan. Hoje, o mercado deve repercutir a decisão de política monetária da zona do euro e acompanhar as movimentações dos Treasuries dos EUA, que voltaram a subir ontem.

Europa

Os principais mercados europeus operavam em baixa pela manhã, aguardando a decisão de política monetária do Banco Central Europeu e o pronunciamento da presidente da autarquia, Christine Lagarde. Espera-se que a reunião forneça novos direcionamentos para a política monetária na região, à medida que a inflação bate recordes em diversos países, e que seja anunciado o fim do processo de recompra de ativos até julho.

Ásia

As bolsas asiáticas finalizaram o pregão desta quinta-feira em queda generalizada, ao passo que a inflação de energia e alimentos segue penalizando os negócios na região e novos relatos de ressurgimento de casos na principal cidade chinesa preocuparem o mercado. A bolsa de Xangai recuou 0,76% no fechamento de hoje, à medida que novos casos de covid-19 são reportados na cidade seguindo a flexibilização das medidas restritivas. Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,66%, após os investidores avaliarem como exceção o resultado fortemente superavitário da balança comercial chinesa para maio, com aceleração das exportações em 17%. Para o mercado, as exportações devem enfraquecer nos próximos meses, enquanto as importações devem permanecer frágeis.

Além do Morning Call de 09-06-22, acompanhe as notícias e análises de mercado pelo nosso canal do Telegram.

Inscreva-se no nosso canal no Telegram

Acompanhe notícias e análises diárias do mercado financeiro.

Leia mais

Leia mais

Morning Call 17-05-22

Prévia do PIB salta 0,69% em junho, acima das projeções

Morning Call 15-08-22 Brasil Após bons resultados econômicos domésticos e internacionais na semana passada, o principal índice da bolsa brasileira disparou quase 6%, fechando o pregão da sexta-feira acima dos 112 mil pontos. Pela manhã,

Morning Call 17-05-22

Inflação recua 0,68% em julho

Morning Call 09-08-22 Brasil Sem grandes agitações no cenário internacional, o índice Bovespa seguia sua trajetória de valorização pela manhã, retomando a casa dos 109 mil pontos. Em dia de importantes divulgações para a economia

Morning Call 17-05-22

Rússia suspende fluxo de petróleo em oleoduto na Europa

Morning Call 10-08-22 Brasil Descolado dos mercados internacionais, o índice Bovespa registrou sua sexta alta consecutiva no dia de ontem, avançando 0,23%, puxado pelo bom desempenho das blue chips brasileiras. O mercado ainda digere os