Letra de Câmbio: aprenda tudo sobre esse investimento

Letra de Câmbio é um investimento seguro em renda fixa, perfeito para quem está começando a investir e deseja sair da poupança e ver seu dinheiro render.
Letra de Câmbio, aprenda tudo sobre esse investimento. Descrição da imagem: desenho em 3D de uma pessoa de terno, gravata e jeans olhando seus investimentos renderem em um tablet. Ao lado da pessoa há moedas e notas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Letra de Câmbio é um investimento seguro em renda fixa, perfeito para quem está começando a investir e deseja sair da poupança e ver seu dinheiro render.

Vem com a gente que o Gorila vai te explicar tudo o que você precisa saber sobre investimentos em Letra de Câmbio (LC). A seguir você vai encontrar os seguintes tópicos:

Tópicos abordados neste artigo:

O que é uma aplicação LC?

Esse investimento faz parte do grupo de renda fixa, assim como CDB, LCI e LCA. Investir em renda fixa significa que você estará emprestando seu dinheiro para o banco ou para uma financeira e, em troca, receberá o valor emprestado e mais um acréscimo em uma data definida no momento da aplicação.

No caso das LCs, você estará emprestando dinheiro para as financeiras. É importante saber que o rendimento dessa aplicação pode ser atrelado ao CDI, a uma taxa fixa ou, ainda, ao IPCA.

Quais os tipos de Letra de Câmbio?

No momento da compra do investimento, você poderá escolher entre títulos prefixados, pós-fixados ou híbridos. Para saber qual formato é melhor para você se atente à forma de remuneração:

  • LC prefixada: nesse caso a rentabilidade do ativo é atrelada a uma taxa fixa e não sofre alteração ao longo do período em que o dinheiro está investido. No momento da contratação você consegue saber exatamente quanto vai receber na hora de resgatar. 

Para saber se essa é a melhor opção, você pode pesquisar e ver se as taxas pré-fixadas são mais atrativas do que as pós-fixadas como a Selic.

A letra de câmbio prefixada é uma opção interessante caso você esteja investindo hoje com a intenção de resgatar um valor exato no futuro. Por exemplo, aplicar uma quantia para poder comprar um imóvel de R$ 200 mil em 2 anos. Isso é possível porque a LC prefixada continuará com a rentabilidade fixa independentemente do andamento da economia, dessa forma, não há surpresas na data do resgate. 

  • LC pós-fixada: essa modalidade apresenta uma estimativa de quanto você receberá na data do vencimento. Isso se deve ao fato de que a remuneração está atrelada a um indexador da economia, por exemplo, taxa Selic ou CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que varia de acordo com  o cenário econômico. Dessa forma, o retorno real só é conhecido na data do vencimento.

Dica: você pode acompanhar a rentabilidade ao longo do tempo usando o Gorila. É totalmente gratuito e vai facilitar bastante sua vida!

  • LC híbrida: a Letra de Câmbio híbrida combina as duas opções citadas anteriormente. Neste caso, parte da rentabilidade está atrelada a juros prefixados e outra parte a um indexador econômico, como o CDI ou IPCA.

Com tantas opções é normal ficar em dúvida sobre qual modelo é o melhor para você. Essa escolha dependerá do seu perfil de investidor, seus objetivos e também do seu planejamento financeiro.

Como investir em Letra de Câmbio?

Agora que você já sabe quais as opções na hora de investir em Letra de Câmbio, vamos te explicar como você pode começar ainda hoje a investir!

Primeiramente é importante que você abra uma conta em uma corretora de valores. Depois, basta enviar o dinheiro que deseja investir e selecionar uma opção de LC. 

Após isso, para acompanhar seus investimentos, conte com o Gorila, uma plataforma totalmente gratuita e intuitiva onde você poderá controlar todos os seus investimentos, sejam eles de renda fixa, variável ou criptomoedas.

Qual o valor mínimo para investir em LC?

Investir em LC costuma demandar um valor um pouco mais alto para quem quer começar a investir e obter boa rentabilidade. É comum encontrar Letra de Câmbio custando a partir de R$10.000 e sem possibilidade de resgatar esse valor antes do prazo estabelecido. Isso porque esse tipo de investimento possui carência, então se a instituição emissora definiu uma carência de 3 anos, durante esse período você não poderá resgatar sua aplicação. 

Porém há vantagens, quanto maior o valor investido, melhor o retorno. De forma geral, as maiores taxas são pagas a quem investe a partir de R$50.000 e aceita esperar um longo prazo para fazer o resgate do valor investido.

Quais os prazos de um investimento LC?

O prazo costuma variar, pois cada instituição emissora define o seu. Como comentamos anteriormente, o tempo de investimento influencia diretamente a rentabilidade da letra de câmbio. Assim, quanto maior o prazo, geralmente maior é a taxa de rendimento. Por isso, sempre se atente à data de vencimento para manter o ativo durante todo o período estabelecido. 

Caso você precise resgatar antes, poderá ter perdas. No cenário em que seja realmente imprescindível resgatar o dinheiro antes do vencimento, assim você pode tentar vender o título para outra pessoa. Essa ação pode trazer prejuízos para sua rentabilidade ou pior ainda, você pode não encontrar alguém interessado em comprar o título de você.

Mas não se preocupe, no mercado financeiro você encontra Letras de Câmbio com prazos desde 1 até 7 anos. Assim, se sua intenção for resgatar seu dinheiro em poucos anos, você pode escolher por alternativas de prazos menores.

Vale ressaltar que há opções que apresentam liquidez diária após o período de carência, e nesse caso, você pode retirar seu dinheiro a qualquer momento, inclusive em uma data bem anterior ao prazo de vencimento. Porém, quando há essa vantagem, a rentabilidade costuma ser menor. Além disso, ter paciência ao investir em LC tem outra vantagem: quanto mais distante está a data de vencimento da aplicação, menores serão os valores a serem pagos no IR (Imposto de Renda).

Tributação da Letra de Câmbio

A LC segue o mesmo tipo de tributação dos investimentos em CDBs e Tesouro Direto, ou seja, se trata de uma tributação regressiva. Isso significa que quanto maior o tempo de investimento, menor será a alíquota que deverá ser paga.

Observe como funciona na prática a cobrança do Imposto de Renda sobre esse tipo de investimento:

  • 22,5% sobre o lucro para investimentos de até 6 meses.
  • 20% sobre o lucro para investimentos entre 6 meses e 1 ano.
  • 17,5% sobre o lucro para investimentos entre 1 ano e 2 anos.
  • 15% sobre o lucro para investimentos de mais de 2 anos.

Saiba mais:
Aprenda como declarar o Imposto de Renda dos seus investimentos

Além de precisar ser declarada no IR, a LC está sujeita à cobrança de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) que incide apenas sobre os rendimentos nos primeiros 30 dias da aplicação. No cenário em que você precise resgatar o valor investido antes dos primeiros 30 dias, você deverá arcar também com esse tributo.

Qual a diferença entre LC e CDB

O CDB é o investimento renda fixa mais conhecido e por isso pode surgir aquela dúvida sobre qual a diferença entre o CDB e a LC.. Além disso, os dois são cobertos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), como explicaremos mais à frente.

Mas então o que difere um do outro? O emissor!

Enquanto o CDB é emitido pelos bancos, a LC é emitida pelas financeiras. Normalmente o CDB possui mais papéis disponíveis para aplicação com diversos tipos de rentabilidades e vencimentos diferentes. 

Na hora de decidir onde investir compare tudo: taxas de rentabilidade oferecidas, prazo de aplicação e qualidade do emissor.

Investir em LC é seguro?

Uma qualidade que faz a procura por renda fixa aumentar é a segurança das aplicações. Isso porque esses investimentos – inclusive letra de câmbio – têm garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito). Isso significa na prática que você está seguro contra qualquer problema que a empresa que emitiu o título venha a ter. Ou seja, se a financeira falir ou mesmo fechar, você tem garantia de receber o seu dinheiro investido de volta mais o rendimento até o limite de R$250.000,00.

Vantagens X Desvantagens de investir em Letra de Câmbio

As vantagens da Letra de Câmbio são:

  • Segurança
  • Rentabilidade atrativa
  • Rende mais do que a poupança
  • Oportunidade de diversificar sua carteira de investimentos
  • No modelo prefixado é possível saber exatamente quanto irá render
  • No modelo pós-fixado a rentabilidade é percentual do CDI
  • Possui garantia do FGC até R$250.000,00.

 

As desvantagens do investimento LC são:

  • Por possuírem prazos longos durante o qual o dinheiro deve ficar aplicado, essa opção pode não ser interessante para quem possui objetivos de curto prazo.
  • Tem cobrança de Imposto de Renda.

E os investimentos LCI e LCA?

LCI e LCA correspondem, respectivamente, a Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio. Ambos investimentos são famosos por serem livres de taxas e tributos. São títulos de renda fixa emitidos pelo banco e o que diferencia é o foco do investimento, um para o setor imobiliário e outro para o agronegócio. 

Para saber mais sobre estes investimentos leia:
Entenda o que é LCI e LCA 

Controle seus investimentos no Gorila!

Ter uma conta no Gorila representa mais tempo pra você fazer o que mais ama sem ficar perdido em planilhas longas e sem sentido. 

Com o Gorila você importa seus investimentos de forma fácil por meio de integrações e calcula automaticamente a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Curtiu?

Agora que você já sabe tudo sobre investir em Letra de Câmbio, aproveite para seguir as nossas redes sociais para ficar sempre por dentro das novidades: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e Telegram.

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais