O que é especulação financeira? Entenda se vale a pena apostar na Bolsa

Vale arriscar a sorte no jogo? Aprenda o que é especulação financeira e a diferença entre especular e investir.
Especulação financeira: dados empilhados
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Apostar o resultado do jogo da quarta-feira ou chutar a idade de  alguém é normal. Mas o que acontece quando a sorte entra em cena no mundo dos investimentos? Especulação financeira é o nome dado ao ato de apostar em um ativo.

Calma! Não é o que parece. Especular no mercado financeiro não é, necessariamente, ruim. E não está ligado só à roda da fortuna. Alguns até fazem disso uma profissão. Quer entender mais sobre o assunto? Continue lendo o artigo!

O que é especulação financeira?

A especulação financeira acontece quando se tenta prever o comportamento futuro dos preços de ativos financeiros. 

Nesse processo, o especulador opera no curto prazo para tentar lucrar com a variação dos preços, comprando barato e vendendo mais caro.

Essa estratégia é similar a uma aposta, portanto, envolve altos riscos. É indicado somente para profissionais experientes. Para não “atirar no escuro”, geralmente eles  usam a análise técnica, também conhecida como análise gráfica. 

Diferença entre especulação financeira e investimento

A principal diferença entre especular e investir é a motivação para adquirir um ativo. 

A especulação financeira visa o lucro potencial no preço do ativo no curto prazo. Nesse sentido, o valor intrínseco do investimento não importa. O que vale mais é sua cotação em si. E para especular é preciso saber de todos os acontecimentos de mercado que possam influenciar o preço do investimento adquirido. 

Já quando o assunto é investir, o vínculo com o ativo é mais profundo. O investimento é uma operação de médio ou longo prazo que foca no valor intrínseco do produto financeiro. A finalidade é a de preservar o capital aplicado e gerar um lucro adequado. 

Esse lucro vem através de proventos e está lastreado a algum aspecto externo. Por exemplo, o lucro de uma ação está ligado à produtividade de uma empresa.

O vínculo maior que o investimento implica, pede um estudo maior do ativo. No caso das ações, por exemplo, é usada a análise fundamentalista para fazer projeções de valorização no médio e longo prazo.

Especulação financeira: pés em um chão com diversas setas que apontam para várias direções diferentes.
A especulação financeira foca somente no preço do ativo, e não no seu valor intrínseco.

Qual a importância da especulação financeira na bolsa de valores?

Muitos condenam a especulação financeira e há razões para isso. Como dissemos, o risco é alto. É possível ganhar muito dinheiro ou perdê-lo na mesma proporção. Porém, a especulação é necessária para o mercado financeiro.

A importância da especulação financeira é gerar liquidez (facilidade de comprar ou vender um ativo). Como seu foco está no curto prazo, os especuladores geram um volume grande de transações. Já parou para pensar como o mercado seria menos líquido se todos operassem com estratégias de médio e longo prazo?

Os derivativos

Quando estamos aprendendo sobre especulação financeira, é necessário entender o que são os derivativos também. 

Derivativos são ativos cujo preço deriva do preço de outros ativos numa data futura. Os derivativos mais comuns são contratos a termo, contratos futuros, opções e swaps.

As duas formas mais comuns de usar derivativos são para a proteção (ou hedge) e a alavancagem.

O hedge serve para proteger o preço de um ativo ante a variação no mercado, pois ele fixa um preço único até o final do contrato. Já a alavancagem consiste na compra de um ativo por parte de seu valor e recebimento de seu lucro ou prejuízo conforme o valor cheio.

Em ambos os casos, o que direciona as apostas é a especulação de como seus ativos performarão no futuro.

Leia também:
Ibovespa Futuro: o que é, como funciona e para que serve?

Use o Gorila para controlar seus ativos

Você se considera mais investidor ou especulador? Para seus ativos pensados para o presente ou para o futuro, o Gorila está com você! Na nossa plataforma, você consolida todos os seus investimentos em um único lugar.

Especulação financeira?: dashboard inicial da plataforma do Gorila, onde ser vê o patrimônio distribuído graficamente conforme os tipos de ativos.
Dashboard inicial da plataforma web do Gorila

Acesse o site ou baixe nosso app na Google Play Store ou App Store para ter uma visão completa do seu portfólio através dos melhores relatórios de performance!

Curtiu? Siga também as nossas redes sociais para aprender mais conceitos do mercado e ficar por dentro das principais novidades: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e Telegram.

*Texto escrito sob supervisão de Álvara Bianca.

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais