Bull Market e Bear Market: veja o que os dois animais significam na bolsa

Bear e Bull Market são expressões usadas na alta e na baixa do mercado. Aprenda sobre os conceitos e como investir em cada cenário.
Bull market e bear market: imagem mostra um touro azul com uma seta subindo e um touro vermelho com uma seta descendo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Se fossemos contar o que são os conceitos de Bull Market (Mercado do Touro) e Bear Market (Mercado do Urso) como se esses dois animais fizessem parte de uma fábula infantil seria mais ou menos assim:

“Sempre que o Sr. Touro passeava pela Bolsa, ele deixava os investidores felizes. Às vezes ele dava no pé e o Sr. Urso chegava no lugar deixando geral desanimado”. 

Acredite se quiser, essa historinha tem tudo a ver com o mercado financeiro. Continue lendo o artigo para descobrir!

O que é Bull Market?

O termo Bull Market é utilizado para se referir à condição favorável e otimista do mercado financeiro.

A expressão pode ser empregada em qualquer contexto de negociação, mas é no mercado de ações que costuma ser mais usada.

A associação ao touro vem devido à forma com que esse animal ataca suas presas: jogando-as para cima com seus chifres.

Quando o índice Ibovespa sobe constantemente, por exemplo, podemos dizer que o mercado está “bullish” (“como um touro”).

Leia também:
Guia do investidor de A a Z: conheça os termos do mercado

O que é Bear Market?

Já quando há o movimento de descida na bolsa, temos o Bear Market. O urso está ligado à queda porque ele confronta suas presas usando as patas para atirá-las contra o chão.

Dessa forma, quando uma ação, segmento ou todo o mercado passa por constantes resultados de baixa, costuma-se falar que o mercado está “bearish” (“como um urso”). 

Bull market: Mesa de vidro com duas esculturas: um touro e um urso. Ao fundo, está um homem com as mãos cruzadas.
O touro e o urso representam, respectivamente, a alta e a baixa de mercados (Foto: Bacho / Shutterstock)

Como saber quando há Bull Market e Bear Market?

O Bull Market normalmente acontece com um aumento de 20% ou mais a partir de uma baixa de curto prazo. Da mesma forma, o Bear Market ocorre quando um ativo cai 20% de sua máxima.

Contudo, esse parâmetro nem sempre faz sentido na prática. Classificar um mercado como Bull ou Bear Market às vezes requer mais julgamento, bem como considerar a condição da economia mais ampla e da psicologia de mercado.

Características do Bull Market

Um Bull Market tem como principais características:

  • investidores sentindo confiança no mercado;
  • a economia forte;
  • tendência a ocorrer em conjunto com a alta do PIB;
  • cenário onde há baixo desemprego; 
  • alta lucratividade das empresas;
  • aumento geral de IPOs (Ofertas Públicas Iniciais) durante o fenômeno.

Características do Bear Market

As principais características dos Bear Markets são:

  • pessimismo e confiança abalada na maior parte dos investidores;
  • economia com sinais de fraqueza e recessão iminente;
  • diminuição do PIB;
  • aumento do desemprego;
  • empresas reportando maus resultados;
  • número de IPOs reduzidos.

Qual estratégia aderir no Bull Market e no Bear Market? 

Uma das estratégias mais aderidas por investidores é a buy and hold. Visando o longo prazo, ela consiste em comprar e segurar o ativo até que ele obtenha a valorização desejada. Ou seja, ela envolve comprar ações quando estão baratas e vendê-las quando o mercado considerá-las caras.

Nesse sentido, uma estratégia possível seria comprar ações agressivamente no Bear Market e vendê-las no Bull Market. 

Contudo, não é simples identificar as tendências de mercado. Para isso é necessário um estudo prévio de análise técnica da Bolsa de Valores. É preciso cautela para fazer esse movimento para ter certeza de que há chances reais dos papéis adquiridos passarem a valer mais no futuro. 

O Touro de Ouro e o Charging Bull

A representação física mais significativa do Bull Market fica em Wall Street, o coração financeiro do mundo. Trata-se da famosa escultura de bronze Charging Bull, que significa touro em investida ou touro que ataca.

Recentemente, outra escultura bovina causou polêmica no centro de São Paulo, em frente a B3, a nossa Bolsa de Valores. A instituição financeira instalou em sua porta um touro dourado feito com isopor de alta densidade e fibra de vidro. 

A versão brasileira foi recebida com muita polêmica e dividiu opiniões. Um dia após a instalação, a primeira de uma série de intervenções de cunho político foi feita na obra. A ideia era que a peça ficasse exposta até fevereiro de 2022, mas foi removida em 23 de novembro após o descumprimento da Lei da Cidade Limpa.

Controle sua carteira de investimentos com o Gorila

A moral da história da fábula do começo do texto termina com um final feliz quando outro bicho entra em jogo: o Gorila.

Seja nos momentos de alta ou baixa do mercado, você pode contar com nossa plataforma para controlar seus investimentos. Use nossos relatórios de performance para tomar as melhores decisões para sua carteira.

Bull market: Ferramenta de rentabilidade avançada do Gorila sendo exibida na plataforma web.
Ferramenta de rentabilidade avançada na plataforma web do Gorila.

Acesse o site ou baixe nosso app na Google Play Store ou App Store para ter uma visão completa do seu portfólio!

Bull Market: Tela inicial do aplicativo do Gorila, onde se vê o patrimônio e sua distribuição na carteira através de um gráfico de donut.
Dashboard inicial do aplicativo do Gorila.

Curtiu? Siga também as nossas redes sociais para aprender mais conceitos do mercado e ficar por dentro das principais novidades: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e Telegram.

*Texto escrito sob supervisão de Álvara Bianca.

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais