Varejo americano tem resultados positivos

Morning Call 17-01-22
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Morning Call 18-05-22

Morning Call 18-05-22

Brasil

O principal índice da bolsa brasileira avançou 0,51%, para 108.789 pontos, registrando sua quinta alta consecutiva na sessão de ontem. O movimento acompanhou os mercados internacionais e foi influenciado principalmente pelo setor financeiro. Em mais um pregão, o dólar voltou a operar abaixo dos R$ 5,00 e finalizou o dia em R$ 4,94, com isso, as taxas de juros futuras também recuaram. Pela manhã, o Ibovespa futura apresentava leve queda enquanto o dólar avançava para R$ 4,96.

EUA

Os mercados acionários americanos fecharam a última terça-feira em alta, após resultados positivos para o varejo americano e falas do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, acenarem para a manutenção da atividade. Ontem, os dados do varejo norte-americano apontaram fortalecimento em abril e o volume de vendas avançou 0,9%. Apesar do resultado ficar abaixo das expectativas de 1%, a revisão positiva dos dados de março trouxe otimismo ao mercado. Hoje, os índices futuros de Nova York amanheceram negativos, com o mercado ainda digerindo a fala mais recente de Powell, em que afirma que o Fed não hesitará em elevar as taxas de juros até que a inflação seja trazida para baixo, mesmo que isso indique subir os juros para patamares superiores à taxa neutra.

Leia também:
Indicadores Econômicos: conheça os principais e a sua importância

Europa

Os principais mercados europeus operavam entre leves ganhos pela manhã, à medida que os investidores seguem preocupados com a inflação na região. Na Zona do Euro, a inflação de abril permaneceu em seu nível mais elevado da série histórica, aos 7,4%, dando mais suporte ao início do processo de elevação da taxa de juros ainda em julho, como as autoridades do Banco Central Europeu (ECB) sinalizaram. Já na Inglaterra, a inflação ao consumidor atingiu seu maior patamar em quarenta anos, ao passo que a inflação saltou de 7% em março para 9% em abril.

Ásia

As bolsas asiáticas encerraram o pregão desta quarta-feira majoritariamente em alta, puxadas principalmente pelos fortes ganhos de Wall Street. No Japão, o índice Nikkei avançou 0,94% após a divulgação do PIB do país, que encolheu 0,2% no primeiro trimestre em relação ao trimestre anterior. Apesar do recuo, o resultado veio acima das expectativas que projetavam queda de 0,4%. Em Hong Kong, o índice Hang Seng avançou ligeiros 0,20%, enquanto a bolsa de Xangai recuou 0,25% com a intensificação da contração monetária norte-americana.

Agenda

Hoje, o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, e o diretor de Política Monetária, Bruno Serra, devem participar de diferentes eventos em que comentarão sobre os rumos da política monetária e, mais tarde, o TCU julgará o processo que trata da privatização da Eletrobras, com expectativas de parecer favorável ao processo. Ainda na temporada de balanços que se encerra, devem divulgar seus balanços a Tencent, Target, Cisco e Arcos Dorados.

Além do Morning Call de 18-05-22, acompanhe as notícias e análises de mercado pelo nosso canal do Telegram.

Inscreva-se no nosso canal no Telegram

Acompanhe notícias e análises diárias do mercado financeiro.

Leia mais

Leia mais

Morning Call 17-05-22

Inflação recua 0,68% em julho

Morning Call 09-08-22 Brasil Sem grandes agitações no cenário internacional, o índice Bovespa seguia sua trajetória de valorização pela manhã, retomando a casa dos 109 mil pontos. Em dia de importantes divulgações para a economia

Morning Call 17-05-22

Rússia suspende fluxo de petróleo em oleoduto na Europa

Morning Call 10-08-22 Brasil Descolado dos mercados internacionais, o índice Bovespa registrou sua sexta alta consecutiva no dia de ontem, avançando 0,23%, puxado pelo bom desempenho das blue chips brasileiras. O mercado ainda digere os

Morning Call 17-05-22

Nos EUA, resultado do CPI vem abaixo do esperado

Morning Call 11-08-22 Brasil O principal índice da bolsa brasileira registrou a sétima alta consecutiva no pregão da última quarta-feira, retomando a casa dos 110 mil pontos, maior patamar verificado desde junho. O dólar também