Flipagem vale a pena? Entenda o que é e como ela é feita - Gorilando

Investimentos

Flipagem vale a pena? Entenda o que é e como ela é feita


Flipagem é a compra e venda rápidas de ativos. É possível ter altos lucros em pouco tempo? Saiba mais sobre essa polêmica estratégia.

19/04/2021

A flipagem é a estratégia de compra e venda de ações em um curto prazo. A tática costuma dividir opiniões por ser arriscada e exigir um alto grau de conhecimento. Por outro lado, quando bem executada, as recompensas são bastantes altas. 

Quer saber como ela funciona e se combina com você? Continue lendo!

O que é flipagem?

Flipagem é a ação de flipar. O verbo vem do inglês “to flip”, que significa “virar de forma rápida”. No mundo financeiro, essa virada repentina se refere ao ato de comprar ações antecipadamente para vendê-las no dia em que são anunciadas no mercado.

Para possuir as ações antes que elas estejam no mercado, é necessário adquiri-las no período de reserva. 

Dessa forma, o flipper, ou operador de flipagem, é a pessoa que busca lucrar vendendo papéis por um preço maior do que o do período de reserva.

Como é feita a flipagem?

Há duas possibilidades de oferecer ações na bolsa de valores. Quando uma empresa já possui capital aberto e decide colocar mais ações no mercado, ela realiza um follow on. Já quando ela está abrindo capital pela primeira vez, acontece um IPO (Initial Public Offering, ou Oferta Pública Inicial). 

Em ambas modalidades, antes das ações estarem disponíveis para compra, é possível reservá-las. Durante o período de reserva, os investidores informam quanto estão dispostos a pagar pelas ações. A partir disso é definido o preço final dos papéis, isto é, o preço de mercado.

Depois de reservar, os acionistas compram as ações pelo valor estabelecido ao final do período de reserva. A flipagem acontece quando esses investidores vendem esses papéis logo no primeiro pregão dos ativos.

O lucro é obtido se ele conseguir vender seus ativos por um preço maior do que o que foi pago no fim do período de reserva. A venda bem sucedida depende de como está a relação de oferta e demanda no momento.

A venda rápida de ações é mais frequente nas operações de IPO. Isso ocorre porque quando uma companhia está abrindo capital é sinal de que ela está em um bom momento. Com isso, muitos investidores são atraídos e há uma tendência de que o valor dos papéis esteja em alta nas primeiras horas de sua estreia.

Mas se fosse tão simples todos seriam flippers, não é mesmo? Para operar essa estratégia com maestria é preciso considerar diversos fatores, e, ainda assim, há perigo. 

Aspectos analisados na flipagem

Para amenizar os riscos da flipagem, os experts dessa estratégia costumam examinar o contexto com muita atenção. Estes são os principais elementos considerados na hora de flipar:

Book de ofertas

No book de ofertas é possível conferir as intenções de compra e venda de ativos que são negociados na bolsa. É uma tendência de valorização para flipagem se as intenções de compra forem maiores que as de venda. 

Prazo de liquidação

Após adquirir as ações do flipper, o investidor possui um prazo delimitado para realizar o pagamento. Quanto maior for esse prazo, mais vantajosa é a flipagem. Dado que a valorização esperada pode não acontecer, um prazo maior permite que o flipper tenha mais tempo para se organizar num cenário de prejuízo.  

Setor

É essencial que os ativos pertençam a uma empresa de setor de atuação aquecido. Uma conjuntura propícia dá maior solidez às projeções e, consequentemente, aumenta as chances de acerto nas apostas de que os papéis se valorizarão.

Volume de ofertas

Um número alto de ações oferecidas desperta a atenção de grandes investidores, como bancos e fundos de investimentos. A entrada deles movimenta o mercado devido à alta quantidade adquirida e estimula a lucratividade da flipagem.  

Flipagem de fundos imobiliários

Além das ações, os Fundos de Investimentos Imobiliários (FIIs) são outra categoria de investimento onde os processos de flipagem costumam acontecer. 

Os FIIs que dão melhores resultados são aqueles que possuem bom histórico e alto índice de confiança. Sendo assim, é mais comum que os operadores de flipagem prefiram FIIs que estão no follow on a FIIs em IPOs. Isso porque ao oferecer mais cotas ao mercado significa que o fundo já possui um histórico que pode ser estudado. Diferente de um fundo que está estreando. 

Quando novas cotas são subscritas através de follow on, o volume de negociação normalmente aumenta. Com esse crescimento, o preço das cotas cai e os investidores que já faziam parte do fundo podem optar por flipar. Isto é, compram mais cotas por um preço menor e depois as revendem visando lucro, num cenário onde o preço do ativo volta ao normal ou fica ainda mais caro.

Vale a pena fazer flipagem?

Como já foi elucidado, flipar envolve altos riscos. Diferente de uma estratégia de buy and hold, a flipagem é considerada por muitos uma operação day trade. Esse método de atuação é caracterizado pelo ganho no curto prazo, feito por profissionais que dominam a análise técnica e dedicam todo seu tempo ao mercado financeiro. 

Ainda assim, boa parte do que é analisado no processo de flipagem é altamente baseado em especulação. Dessa forma, a imprevisibilidade é um elemento que entra na equação. Por isso, não é recomendado flipar caso não se tenha larga experiência com essa técnica.  

Controle seus investimentos no Gorila

Para se dar bem usando a estratégia de flipagem ou qualquer outra que envolva investimento a curto ou longo prazo, é fundamental acompanhar a rentabilidade do mercado rotineiramente. 

O Gorila existe para tornar isso mais fácil para você. Na nossa plataforma você consolida sua carteira e acompanha em um lugar só a performance de todos seus ativos. Também mostramos todos os eventos, como desdobramentos e dividendos. . 

Página de eventos da carteira no Gorila: reúne as informações sobre os rendimentos e dividendos recebidos, mostrando inclusive a quantidade e data de pagamento 

Além disso, em nosso app é possível acompanhar as cotações do mercado em tempo real. Você confere ao vivo o sobe e desce das suas ações favoritas:

cotação em tempo real app gorila

Agora o conceito de flipagem está na ponta da língua? Acompanhe nossas mídias sociais para ficar por dentro de mais conteúdos como este: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e Telegram

*Texto escrito sob supervisão de Álvara Bianca

VEJA TAMBÉM...

Stop Loss Stop Gain
Investimentos

O que é Stop Loss e Stop Gain

Stop Loss e Stop Gain: Ferramentas que salvam o investidor. Veja o que é, seus benefícios e como aplicar no Home Broker ...

alavancagem
Investimentos

Alavancagem no Mercado Financeiro

O que é alavancagem e como utilizá-la para maximizar suas operações ...

derivativos
Investimentos

Derivativos: entenda tudo sobre esse Mercado

Contratos a termo, opções, futuros e swaps. Conheça os principais derivativos e saiba como usá-los para se proteger ou para lucrar. ...

Dashboard Gorila Invest

Gorila Invest

A melhor plataforma para
controlar seus investimentos

Uma nova forma de olhar para o seu dinheiro. Tenha suas informações financeiras consolidadas em um único lugar

Registre-se agora

Faça seu login

ou
Esqueceu sua senha?
AINDA NÃO TEM CONTA?
Cadastre-se