O que é rating? Entenda como funciona essa classificação de risco

Ela determina a probabilidade de uma empresa ou país honrar as dívidas. Veja o que é rating e como usá-lo na hora escolher investimentos.
O que é rating: imagem com fundo azul e detalhes brancos onde se vê uma classificação de estrelas e um lápis
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Você sabe o que é rating? Trata-se de um conceito muito importante para economia e que pode te ajudar muito na hora de escolher seus investimentos. Continue lendo o artigo para saber mais!

O que é rating?

Rating é uma nota dada a um país, banco ou empresa com o intuito de classificar sua capacidade de honrar seu compromisso com dívidas de crédito. 

Isso significa que ele mostra o grau de probabilidade da instituição ou governo pagar seus credores integralmente e no prazo. Logo, essa nota é também uma classificação de risco. 


Considerando a probabilidade do emissor não honrar com o pagamento da dívida, o rating ajuda os investidores analisarem se vale a pena ou não emprestar seu dinheiro.

O que são agências de rating?

A melhor maneira de avaliar o rating é olhar a pontuação dada por uma agência de rating. Existem várias delas pelo mundo, mas as três principais são a Moody’s, a Standard & Poor’s (S&P) e a Fitch Ratings. 

Elas analisam aspectos como probabilidade de inadimplência, garantia e proteção dos emissores, projeções estatísticas, ambiente político e afins. Além de balanços patrimoniais, fluxos de caixa, questões jurídicas e entre outras informações quando se trata, especificamente, de empresas.

Com isso, cada uma dessas agências define sua própria escala de classificação. Vejamos:

O que é rating: tabela onde se vê a classificação das agências de rating
Métodos de classificação de rating das principais agências de rating (Reprodução: G1, 2018). 

Na imagem acima, vemos como o Brasil estava classificado pelas agências de rating em 2018. 

A nota mais alta da escala da Fitch e da Standard & Poor’s é AAA, enquanto a da Moody’s é Aaa. No outro extremo, as duas primeiras agências citadas têm D como menor classificação, enquanto a Moody’s opta por parar na letra C. 

Vale dizer que há uma diferença entre a escala de rating nacional e internacional. Um rating nacional diz respeito à capacidade de pagamento com a moeda local. O internacional, por sua vez, considera a capacidade de pagamento de dívidas tanto em moeda estrangeira quanto nacional. 

Há ainda a divisão de ratings conforme o prazo. Um rating de curto prazo corresponde à capacidade de honrar com uma dívida de até 12 meses. Já um rating de longo prazo refere-se a dívidas com prazos superiores a 12 meses. 

Como o rating é calculado

Como já falamos, diversas variáveis entram na conta na hora de calcular o rating. Assim, não há uma única resposta correta. As três principais agências que já citamos usam metodologias diferentes para atribuir suas notas, por exemplo. 

Cruzando os dados financeiros com informações técnicas específicas, se chega a probabilidade de não pagamento de uma dívida. 

Em linhas gerais, as classificações mais altas são consideradas investimentos (em inglês, investment grade). Já as notas mais baixas são consideradas aplicações de grau especulativo (speculative grade). 

Importância do rating para quem investe

Saber o que é rating é muito importante para todo investidor. Através dele é possível avaliar a saúde financeira de uma empresa ou governo e, então, ponderar se vale ou não a pena aplicar dinheiro.

Ao ter noção do risco envolvido na aplicação, o investidor consegue evitar perdas e ter uma ideia do que esperar do investimento. Fora isso, ao saber do rating, é possível verificar se o investimento se alinha com o perfil de risco em questão. 

Como consultar o rating de uma empresa

Para consultar o rating de uma empresa primeiro é necessário saber com qual das agências que citamos foi feita a avaliação. Depois disso, basta entrar no site da agência e buscar essa informação. 

Também é comum que o resultado seja divulgado pela imprensa. Mas, caso opte por consultar por esse meio, lembre-se sempre de usar fontes confiáveis e atente-se às datas para obter a informação atualizada. 

Rating do Brasil 

Nos últimos relatórios divulgados no final de 2021, o rating do Brasil foi “BB-”pela S&P e pela Fitch, em moeda local e estrangeira de longo e curto prazo. Já a Moodys classificou o Brasil com “Ba2”, dois níveis abaixo do chamado grau de investimento e o equivalente ao “BB-” na escala das outras duas agências. 

Rússia e Ucrânia: o que rating tem a ver com o que está acontecendo?

Desde o final de fevereiro, o mundo olha com atenção para a guerra entre Rússia e Ucrânia. Trata-se do conflito militar mais grave na Europa desde a Segunda Guerra Mundial. Para pressionar a Rússia e fazê-la cessar a invasão à Ucrânia, uma série de sanções internacionais foram impostas ao país. 

Como consequência, as agências de rating classificaram o país como “junk” – termo usado para designar devedores com alta chance de inadimplência.

Até o meio de março, a S&P baixou o chamado rating soberano da Rússia para “CC ”. A Fitch o rebaixou para “C” e a Moody’s para B3. As instituições ainda alertaram que a pontuação pode baixar ainda mais. 

De modo geral, as mais de 6.300 sanções vão desacelerar massivamente o país e isso terá impacto global em virtude da influência da grande influência de sua economia no mundo. 

Para ficar por dentro do assunto:
Rússia e Ucrânia: como a guerra afeta o preço das commodities

Use o Gorila ao investir!

Agora que já sabe o que é rating, você está quase pronto para fazer as melhores escolhas para os seus investimentos. Quase porque, além de saber a probabilidade de uma empresa ou país honrar com suas dívidas, é preciso ver se a aplicação está performando bem ao longo do tempo. 

Para isso, somente o Gorila pode te auxiliar sem complicações! Com nossa plataforma você controla seus investimentos e usa nossos relatórios para tomar as melhores decisões.

Acesse o site ou baixe nosso app na Google Play Store ou App Store para ter uma visão completa do seu portfólio!

Aplicativo do Gorila exibindo os níveis da carteira.

Curtiu? Siga também as nossas redes sociais para aprender mais conceitos do mercado e ficar por dentro das principais novidades: Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e Telegram.

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais

Fundo DI
aprenda

Você sabe o que é Fundo DI?

O Fundo DI é um fundo conservador e uma pedida interessante para sua reserva de emergência. Leia o artigo para entender mais.