O que é investidor anjo? Descubra as vantagens para a empresa.

A união perfeita de capital e conselhos estratégicos para sua empresa crescer ainda mais. Saiba o que é investidor anjo!
o que é investidor anjo e como ele pode ajudar a sua empresa! - Blog Gorila. descrição da imagem: homem negro investidor anjo usando terno com auréola na cabeça, fundo azul claro e linhas de gráficos representando o crescimento da empresa.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O termo “investidor anjo” nasceu no início do século XX nos Estados Unidos e por lá também é conhecido como Angel Investor ou Business Angel. Ele surgiu para nomear as pessoas que bancavam as produções de peças na Broadway apoiando a execução dos projetos, assumindo os riscos e recebendo retorno financeiro sobre elas.

Atualmente o conceito se expandiu e passou a designar pessoas físicas – que em sua maioria são pessoas empresárias de sucesso e com vasta experiência e contatos. Esses indivíduos costumam investir em empresas – principalmente em startups – apoiando não somente com capital financeiro mas também com conhecimentos técnicos e networking.

Como funciona o trabalho de um investidor anjo

Ao contrário do que se pode pensar, o investimento anjo não é composto de apenas um indivíduo. Comumente o trabalho é dividido por um grupo de 2 a 5 integrantes. Essa divisão acontece para diluir os riscos do investimento e compartilhar a dedicação para com a empresa, visto que a agenda dessas pessoas costuma ser bem cheia. 

A estratégia mais utilizada e eficiente quando se trata de investimento anjo é designar um líder, o investidor-líder (também chamado de Lead Investor ou, se a contribuição for exclusivamente com o seu trabalho, de Deal Leader). Essa pessoa ficará então responsável por fazer uma avaliação prévia do projeto e negociar com o empreendedor, para então, apresentar o projeto para outros investidores anjo (que são chamados de seguidores ou followers em inglês).

É interessante notar que o investidor-líder deve ter uma remuneração diferenciada em comparação com os outros investidores anjo devido a sua dedicação adicional. Esse acréscimo é feito por meio de uma porcentagem maior na participação do negócio.

Ter um investidor-líder pode ser muito interessante para otimizar o processo de investimento. Dessa forma, ao nomear um líder ele pode se encarregar de tomar as principais decisões e repassar para seus seguidores.

O investidor-líder pode ainda ter participação em outros negócios como líder ou mesmo como seguidor, mas é importante que ele tenha disponibilidade para se dedicar e conduzir o projeto de investimento dessas empresas.

Como se tornar um investidor anjo

A modalidade investimento anjo vem crescendo a cada ano e se manteve resiliente mesmo com a crise econômica de 2020. Somente em janeiro de 2021 foram aplicados mais de US$ 600 milhões em startups brasileiras, segundo a Angel Investor Club. Porém, o investimento anjo não é feito do dia para noite, sendo necessário estudar estratégias e entender o ecossistema do mercado no qual se quer entrar.

A característica mais marcante de um investidor anjo é a experiência. São pessoas que já fracassaram e acertaram diversas vezes, aprendendo e adquirindo vasto conhecimento. Esses investidores podem ser empreendedores ou mesmo outros profissionais que buscam diversificar seus investimentos.

O investidor anjo representa um grande divisor de águas na história de uma startup, já que, geralmente, empresários procuram essas pessoas quando suas empresas precisam de um aporte entre R$100 mil e R$800 mil. Mas não podemos esquecer que o objetivo do investidor continua sendo o retorno financeiro. 

É importante desmistificar a ideia de que para ser um investidor anjo é necessário ser milionário. É possível fazer um investimento coletivo com outros anjos para dividir os riscos e ampliar as possibilidades.

Os requisitos básicos para ser um investidor anjo são:

  • experiência no setor onde pretende investir;
  • patrimônio para aplicar;
  • tempo e vontade de ensinar, aprender e estudar. 

Qual o objetivo do investidor anjo

O objetivo primordial do investidor anjo é ter retorno financeiro sobre o capital investido. Para isso, o papel de um desse profissional pode englobar uma série de atividades – algumas que nem mesmo envolvem dinheiro. Sua atuação pode estar relacionada ao capital pessoal, contribuindo com conhecimentos de mercados, marketing, estratégias de gestão e networking. Essa colaboração em áreas diversas é chamada de smart money. Dessa maneira, além de aplicar capital, o investidor anjo pode atuar como:

  • recrutador: contratando estrategicamente pessoas que ajudem a impulsionar o crescimento da empresa.
  • conselheiro: usando toda a sua bagagem de conhecimentos para orientar e aconselhar os sócios em suas decisões. 
  • consultor: prestando serviço de consultoria para a administração, compartilhando seus erros e acertos.
  • networker: ajudando a empresa a ampliar sua rede de contatos de forma a conectar investidores com empresas.

Quanto à legislação, o investidor anjo está presente na Lei Complementar 155/2016, que prevê os seus direitos e deveres. É essencial ressaltar que, pela lei, ele não é sócio da startup. Dessa forma, não se torna responsável por recuperações judiciais, ações na justiça ou dívidas.

Quanto um investidor anjo ganha com seu investimento?

O retorno financeiro depende muito da quantia aplicada, do contrato, do estágio da startup, e, também, se é um investimento coletivo. Há casos, como o crowdfunding, em que o investidor não recebe em dinheiro, mas sim em produtos e serviços.

Focando no investimento tradicional do anjo, você sabe de onde vem o valor que ele irá receber? Bom, a rentabilidade do investidor anjo está associada à sua participação na empresa, dessa forma, ele pode ganhar dinheiro quando vende suas ações ou direitos. Outra possibilidade de ganho é quando o contrato especifica que uma porcentagem dos lucros deverá ser paga ao anjo. Assim, quanto maior a receita da empresa, maior o valor recebido pelo investidor. 

Segundo a Angel Investor Club, o investidor tem um retorno variável, em média, entre 5% a 15%, podendo até mesmo chegar a 40% dependendo dos resultados da startup e da quantia investida. 

Quanto um investidor anjo investe?

A quantia aplicada varia bastante e os principais critérios para isso são o tipo de investimento e o estágio da startup. Entretanto, ao contrário do que muita gente acredita e como já dissemos anteriormente, não é necessário ter grandes patrimônios para se tornar um investidor anjo. Geralmente as aplicações ficam em torno de R$50 mil e R$60 mil nas rodadas iniciais. E conforme os investimentos aumentam em risco, potencial de retorno e tipo, essa quantia pode atingir bilhões.

Vantagens e desvantagens do investidor anjo

Do ponto de vista do empreendedor que recebe os investimentos desses profissionais, há várias vantagens e algumas desvantagens, veremos:

Vantagens

  • O investidor anjo trabalha junto do empreendedor como um mentor, auxiliando nas dúvidas e problemas que possam acontecer;
  • Ele tem capital para investir na empresa e ajudá-la a ter sucesso;
  • Esse profissional está disposto a assumir riscos desde que a startup já esteja em andamento e precisando de um auxílio para se desenvolver;
  • Networking é outra vantagem, por ter credibilidade em sua rede de contatos pessoas e profissionais, que vão ajudar a empresa a se desenvolver.

Desvantagens

  • Mesmo não sendo sócio da empresa, o investidor anjo participa da tomada de decisões e sua opinião costuma ter muito peso. Isso pode ser uma desvantagem para o investidor que não terá controle total do próprio negócio e terá que reportar ao investidor com frequência sobre as operações da empresa.
  • Ao fechar uma parceria com o investidor anjo, o empreendedor terá seus lucros limitados uma vez que precisa pagar uma porcentagem a eles.

Quais setores investidores anjo buscam investir 

Investidores anjos escolhem fazer parte apenas de negócios que tenham potencial real de crescimento. De forma geral não há um mercado mais procurado pelos anjos, porém a tendência é de investir em modelos de negócios que sejam realmente inovadores, escaláveis e que comprovem terem potencial.

Por isso é fundamental que, quando um projeto for apresentado a eles, tragam métricas que comprovem a previsão de retorno como ROI, CPA, Taxa de Conversão e Metas a serem atingidas e as já alcançadas.

O perfil do empreendedor que busca um investidor anjo também é muito relevante, no geral, esses investidores buscam algumas características como:

  • conhecimento de mercado
  • dedicação e envolvimento com o negócio
  • honestidade
  • persistência

Esperamos ter ajudado com um panorama geral sobre investidor anjo para empreendedores e para futuros investidores. 

No Gorila, você acompanha a rentabilidade dos seus investimentos e eventos da carteira. 

Além de poder adicionar os ativos manualmente, você pode integrar a conta da sua corretora ao Gorila. Não perca mais tempo com planilhas para acompanhar seus investimentos! 

Gostou de saber tudo sobre investidor anjo? Então, siga nossas mídias para não perder as próximas matérias: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e Telegram!

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais