Com a privatização, veja como investir o FGTS na Eletrobras

Além de saber tudo sobre a privatização da companhia, veja como usar o FGTS para comprar ações da Eletrobras durante o período de reserva.
fgts eletrobras
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Vai ter mesmo privatização da Eletrobras e dará para usar o saldo do FGTS para investir? Você pode ter se deparado com diversas notícias envolvendo este tema e agora vamos explicar tim tim por tim tim tudo para você. 

No dia 18 de maio, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou a segunda etapa do processo de privatização da Eletrobras. Com isso, no dia 27, a companhia protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pedido de uma oferta primária (de ações novas) e secundária (de ações já existentes) de ações ordinárias (ações com direito a voto) realizada simultaneamente no Brasil e no exterior.

Quer saber como isso pode impactar seus investimentos ou então aproveitar a oferta de ações? Então continue no artigo!

Privatização da Eletrobras

Com a aprovação do processo de privatização da Eletrobras, o governo estima movimentar cerca de R$ 30 bilhões. 

A oferta primária envolverá, inicialmente, 627.675.340 novas ações da Eletrobras, incluindo as representadas por American Depositary Receipt (ADRs) no mercado americano. Na oferta secundária, serão mais 69.801.516 ações. 

A capitalização fará com que a União deixe de ser a acionista controladora da holding do setor elétrico nacional. Hoje, o governo possui cerca de 72% do capital da Eletrobras, com direito a voto, sendo que após a desestatização o percentual deve ser reduzido para até 45%. Ou seja, menos da metade necessária para decidir sozinho os rumos da companhia, como hoje.

De olho nas datas

De acordo com o comunicado encaminhado à CVM, o período de reserva das ações da Eletrobras será entre os dias 3 e 8 de junho. Já o preço por ação deverá ser definido no dia 9 de junho, etapa conhecida como bookbuilding

O início das negociações das ações da oferta será em 13 de junho.

Com o lançamento oficial da oferta ao mercado, os próximos passos são o roadshow, para apresentação da oferta a investidores, e a apuração do interesse do mercado pela operação, bem como o valor final por ação da oferta.

Como usar o FGTS na Eletrobras

Está sabendo que o trabalhador assalariado pode usar até 50% do saldo do FGTS para comprar ações da Eletrobras? Com a medida, o governo espera movimentar cerca de R$ 6 bilhões.

A alocação mínima é de R$ 200 e a máxima de 50% do saldo de cada conta vinculada do FGTS. A compra das ações da Eletrobras deve ser feita por meio dos Fundos Mútuos de Privatização (FMP e/ou FMP-Migração), que são ligados ao FGTS.

Assim, caso a pessoa tenha saldo de R$ 10 mil, poderá desembolsar R$ 5 mil para se tornar acionista da companhia.

Já quem optar por comprar as ações sem o uso do FGTS, terá que alocar no mínimo R$ 1 mil e, no máximo, R$ 1 milhão.

O investidor deve fazer esse pedido de 3 a 8 de junho

Para quem comprar os papéis da empresa com o dinheiro do FGTS, o prazo mínimo para a venda das ações é de 12 meses. Depois desse período, quem desejar vender os papéis terá os recursos de volta na sua conta do FGTS. 

Se ficou interessado em usar o FGTS para investir na Eletrobras, basta acessar os canais disponibilizados pela Caixa Econômica Federal (aplicativo FGTS ou agências) e simular os valores da aplicação.

Leia também:

Saque FGTS 2022: veja se é interessante sacar para investir

Fundos mútuos de privatização (FMPs)

Muitos investidores não conhecem, mas existe uma modalidade de fundo de investimento que possibilita a utilização dos recursos do FGTS para investir em ações de empresas estatais que estão em processo de privatização – são os chamados Fundos mútuos de privatização (FMPs).

Esse tipo de investimento surgiu no ano 2000, sendo que seu objetivo é vender uma parcela de empresas estatais para pessoas comuns.

Quem opta pelos FMPs precisa saber que o rendimento do FGTS alocado nessa modalidade deixa de ser garantido e passa a ser variável, de acordo com a performance da companhia investida. Atualmente, o FGTS rende 3% ao ano + a TR (Taxa Referencial) que varia diariamente

Será possível comprar ações da Eletrobras com duas formas de fundos: 

1 – Fundos mútuos de privatização (FMP): com recursos disponíveis na conta vinculada do FGTS. O valor mínimo para as cotas dos fundos é de R$ 200. 

2 – FMP-Migração: com recursos transferidos de aplicações previamente existentes em outros FMP, como os da Petrobras e da Vale. O valor mínimo de alocação por investidor é de R$ 1 mil, porém as instituições financeiras podem aceitar valores abaixo. 

De acordo com a CVM, há pelo menos 21 fundos voltados aos investimentos em Eletrobras via FGTS. As taxas dos FMPs variam de zero a 1% ao ano. 

Controle seus fundos de investimento através do Gorila

Pensando em usar o saldo do FGTS para investir na Eletrobras? Seja qual for sua decisão, depois de fazer alocações na sua carteira, sempre utilize a plataforma do Gorila para acompanhar a rentabilidade. Nela você consegue comparar a performance dos ativos aos principais benchmarks.

Além disso, quem segue as nossas redes fica por dentro das novidades do mercado:  Instagram, Facebook, Twitter, LinkedIn e Telegram.

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais

taxa de juros brasil
inflação

Entenda a alta da taxa de juros no Brasil e no mundo

Bancos centrais estão elevando as taxas de juros para conter o consumo e reduzir a inflação. A taxa de juros no Brasil está no maior patamar desde 2016, enquanto os EUA registram a maior alta em 40 anos.