Entenda a diferença entre conta digital e conta de pagamento

Todas são acessadas pela internet, porém a conta digital conta com proteção do FGC e a conta de pagamento não tem garantia dos recursos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

SOUNDTRACK PARA OUVIR COM ESTE POST

Você já deve ter percebido que cada vez mais surgem bancos digitais e novas formas de fazer pagamento, né? Nem sempre percebemos a diferença entre conta digital e conta de pagamento. Aliás, você possui alguma delas? Neste artigo, vamos explicar como é que funciona cada um desses sistemas para você não fazer confusão na hora de optar por algum. 

Na hora de guardar nosso dinheiro, podemos abrir uma simples conta corrente. É aquela tradicional feita em um banco onde dá para receber nosso salário, pagar contas e fazer depósitos, pagando é claro alguma tarifa. Ou então é possível escolher ter uma conta digital.

Contas digitais

As contas digitais são contas vinculadas aos bancos e tem como principal característica permitir movimentação exclusiva por canais de autoatendimento, como internet banking, aplicativo e caixa eletrônico. 

Seguindo regulamentação do Banco Central do Brasil, elas têm todas as operações e os investimentos contam com a cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Créditos). Já explicamos a função do FGC. Lembra? Ele é um fundo que garante aos clientes a devolução de valores depositados caso a instituição financeira tenha algum problema. 

Hoje em dia, é possível citar Banco Inter, Banco Agibank, Banco Original e Next como forma de contas digitais.  

Conta de Serviços Essenciais

Sabia que a Conta Digital ou Conta de Serviços Essenciais é, na prática, uma conta corrente que atende à resolução 3.919/2010 do Banco Central? Os bancos são obrigados a oferecer um pacote básico de conta corrente para quem quiser, isentando o cliente da maior parte das tarifas. Porém, se o correntista for até uma agência é que vai ser cobrado o serviço prestado. 

Geralmente os bancos gostam de divulgar esse tipo de conta e nem permitem que o cliente migre para essa modalidade. Como esse tipo de conta só pode ser movimentada por meios eletrônicos, ela ganhou o apelido de “conta digital” por alguns bancos. Na prática, ela ainda é uma conta corrente com a diferença de ter um pacote específico de serviços.

Há algum tempo, grandes bancos como Bradesco, Itaú e Banco do Brasil descontinuaram suas contas digitais gratuitas, reduzindo ainda mais as opções para quem busca serviços bancários sem custo. A sorte é que surgiram os bancos digitais para dar um alívio no bolso. 

Contas de pagamento

Já a conta de pagamento é uma conta que pode ser utilizada pelo cliente para a realização de saques, pagamentos de contas e pagamentos de transações realizadas por cartões de débito ou crédito, ou para a realização de transferências entre contas (TED e DOC).

Geralmente oferecidas por fintechs, as contas de pagamento tem a função de facilitar a vidas de seus clientes e não possuem agências físicas. Tanto que tudo o que é relacionado a ela, desde a abertura, operações e relacionamento entre cliente e instituição, pode ser feito digitalmente. Demais, né? 

Há opções de contas de pagamento pré-pagas ou pós-pagas. A diferença é que na conta pós-paga não é preciso ter um valor prévio depositado na conta e aí entra em cena a função do crédito. Você compra com cartão sem dinheiro e só na data de vencimento quita a fatura. 

Atenção: os recursos mantidos em contas de pagamento não respondem diretamente por nenhuma obrigação da instituição de pagamento. Isto significa que não há proteção da sua grana lá. Essa é a principal diferença entre contas digitais e contas de pagamento. Estar conectada ou não Sistema Brasileiro de Pagamentos (SPB). 

Alguns dos exemplos de fintechs com contas de pagamento é o Neon e o Social Bank. Já fizemos, inclusive, resenha sobre essas e outras contas. Confira no nosso Guia de Bancos

NuConta

NuConta pode ser considerada uma conta de pagamento autorizada. Ela não tem tarifas de manutenção e o dinheiro rende todos os dias a uma taxa maior do que a poupança. Recentemente, o Nubank passou a oferecer a possibilidade de que os novos depósitos feitos na NuConta sejam em aplicações em Recibos de Depósito Bancário (RDB) do Nubank – um investimento de renda fixa de baixo risco e que possui a proteção do FGC.  

Você deve se perguntar porque só agora, né? Antes, a NuConta não tinha cobertura FGC porque o dinheiro depositado era aplicado em títulos públicos. 

Viu só como não faltam opções de onde deixar seu dinheiro e utilizar os inúmeros serviços? E depois quando você investe é só contratar com tranquilidade a rentabilidade do seu patrimônio com o Gorila

Curtiu?

Aproveite para compartilhar essas informações com os amigos através das nossas redes sociais no Facebook, Instagram, Twitter ou Linkedin!

Controle seus investimentos com o Gorila

Não perca mais tempo com tabelas e planilhas. Conheça uma nova forma de acompanhar a rentabilidade da sua carteira de investimentos.

Controle seus investimentos com o Gorila

E tenha a plataforma mais completa para acompanhar a sua rentabilidade de forma rápida, fácil e transparente.

Leia mais

Leia mais